Aprenda a usar o FGTS para pagar financiamento de imóvel atrasado

 Aprenda a usar o FGTS para pagar financiamento de imóvel atrasado

No dia 27 de abril, a Caixa Econômica Federal publicou uma nova versão do Manual do FGTS — Utilização na Moradia Própria, que regulamenta o uso de recursos do fundo para a quitação de prestações em atraso no financiamento de imóvel atrasado.

Dessa forma, o trabalhador poderá usar o saldo do FGTS para negociar até 80% das parcelas em atraso. Porém, o limite é de 12 prestações, consecutivas ou não. A medida estará em vigor entre 2 de maio e 31 de dezembro deste ano. Depois de encerrado, a modalidade voltará à condição anterior, em que o saldo pode ser utilizado para quitar prestações quando há até três parcelas atrasadas.

Você pode conferir o Manual da Moradia Própria aqui

Além disso, vale ressaltar que as demais regras para o uso do saldo do FGTS para a aquisição da casa própria, liquidação, amortização ou pagamento de parte das prestações em dia permanecem as mesmas.

É provável que você também goste:

FGTS: trabalhador pode usar fundo para pagar até 80% das parcelas atrasadas

FGTS: Trabalhadores podem sacar até R$ 3.900 em maio

Saque do FGTS: o que fazer se dinheiro não caiu na conta?

Como negociar parcelas em atraso com o FGTS

Para realizar o financiamento habitacional com o saldo do FGTS, você deve procurar o banco onde realizou o procedimento para abater até 80% do valor devedor. 

As condições  para recorrer a essa modalidade são:

  • O valor de avaliação do imóvel deve ser de até R$ 1,5 milhão.
  • Ter três anos de trabalho sob o regime do FGTS. Lembrando que não é necessário estar com contrato de trabalho ativo.
  • Não pode possuir outro imóvel no município onde trabalha ou tem residência.
  • Não pode ter outro financiamento ativo no SFH (Sistema Financeiro de Habitação).

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Orathai Mayoeh / Shutterstock.com

Carlino Souza

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.