Atenção: PIS/Pasep tem R$ 23 bilhões esquecidos; confira quem pode sacar em 2022

 Atenção: PIS/Pasep tem R$ 23 bilhões esquecidos; confira quem pode sacar em 2022

O PIS/Pasep tem aproximadamente R$ 23 bilhões esquecidos por seus donos. Liberado uma única vez para apenas algumas pessoas, as cotas podem ser sacadas por trabalhadores que faziam parte das regras antigas do benefício.

As cotas do PIS/Pasep não devem ser confundidas com o abono salarial do benefício, que é repassado todo ano aos trabalhadores que exercem atividades de trabalho formais no ano-base do pagamento.

É provável que você também goste:

Caixa libera saque triplo do Pis/Pasep

Como consultar o PIS e o saldo do saque extraordinário de até R$ 1 mil do FGTS?

PIS/Pasep esquecido: quem pode receber?

De acordo com o Governo Federal, as cotas do PIS/Pasep podem ser retiradas pelas pessoas que exerceram atividades formais entre 1971 e 1988 em empresas privadas com carteira assinada ou em órgãos públicos. Para ter acesso ao benefício, é necessário que o saque não tenha sido feito

Os trabalhadores podem sacar os valores até o dia 1° de julho de 2025. Caso não seja retirado, o dinheiro voltará para os cofres da União e poderá ser usado pelo governo. Se o dono da cota já tiver falecido, o herdeiro legal pode ter acesso ao valor.

Como consultar o PIS/Pasep esquecido?

Na maioria das vezes, o PIS, que é destinado aos trabalhadores de empresas privadas com carteira assinada, é repassado pela Caixa Econômica Federal. Já o Pasep, voltado aos servidores públicos, é pago pelo Banco do Brasil.

Porém, as cotas do PIS/Pasep estão sendo repassadas somente pela Caixa, uma vez que o dinheiro foi absorvido pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que é de responsabilidade do banco.

Para consultar se tem direito ao PIS/Pasep esquecido, o trabalhador deve acessar o aplicativo do FGTS, disponível para Android e iOS, e verificar a conta. 

Além disso, as pessoas podem consultar se têm direito aos repasses do benefício indo até uma agência da Caixa. É necessário apresentar um documento de identificação.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Carlino Souza

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.