Banco Central anuncia novo recorde de transações pelo Pix em um único dia

 Banco Central anuncia novo recorde de transações pelo Pix em um único dia

O Banco Central (BC) anunciou um novo recorde de operações em apenas um dia no sistema de transações instantâneas Pix. De acordo com o BC, somente na última sexta-feira (6) foram feitas 73.198.432 transações. O recorde anterior, de 63.504.253 transações, foi em 7 de abril.

Lançado em novembro de 2020, o Pix é utilizado por muitos brasileiros e já conta com mais de 430 milhões de chaves cadastradas. O sistema permite que os usuários realizem transferências de forma gratuita, instantânea e a qualquer momento do dia.

É provável que você também goste:

Pix parcelado no Santander: entenda como funciona

Caixa Tem: veja como sacar o FGTS via Pix

Pix Saque e Pix Troco: descubra onde fazer as operações em locais próximos

Funcionalidades do Pix

Em novembro do ano passado, o Banco Central (BC) lançou as funcionalidades Pix Saque e Pix Troca, onde é possível fazer saques em alguns estabelecimentos ou solicitar troco em moeda corrente. No entanto, apesar de serem novidades, as modalidades não tiveram muitas adesões.

Na última semana, o presidente Jair Bolsonaro contou que em breve vai ser lançado algo “fantástico”, que revolucionará as operações e os negócios do país, mas não deu muitos detalhes de qual seria a novidade.

Como mais uma forma de aprimorar e popularizar o Pix, bancos e fintechs têm oferecido a possibilidade de parcelamento do Pix como modelo de crédito, uma opção que chama bastante atenção.

Apesar de ter o desenvolvimento da ferramenta valorizado pelos especialistas, principalmente por tornar menos complexo o parcelamento e diminuir a dependência do cartão de crédito, essa modalidade deve ser bem observada pelos clientes antes de caírem no endividamento.

Parcelamento do Pix: existe risco de endividamento?

Embora seja bastante atrativo, o parcelamento de Pix ainda é visto como um forma de acumular dívidas só que em formato digital. É o que afirma Gustavo Moreira, coordenador do MBA em Finanças do IbmecRJ, ao Extra. 

De acordo com Moreira, o recomendável é que o consumidor continue seguindo os mesmos critérios já considerados para compras no cartão de crédito, sempre escolhendo o menor número de parcelas que possam ser pagas.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Carlino Souza

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.