BNDES cria plataforma para estimular oportunidades de investimentos

 BNDES cria plataforma para estimular oportunidades de investimentos

Na última quarta-feira (11), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou uma parceria para criar uma plataforma de estímulo ao investimento. O projeto tem como parceiros, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e o Banco Nacional de Obras y Servicios Públicos S.N.C., do México (Banobras). Além disso, a Alide, uma associação que reúne bancos de desenvolvimento da América Latina, também faz parte da parceria.

O objetivo é ofertar aos investidores uma boa visão de oportunidades de investimento em liberações, parcerias público-privadas e privatizações na região. Em suma, a iniciativa do BNDES dessa nova plataforma Latam Projects Hub deve incluir informações estratégicas sobre os projetos. Abaixo, confira os detalhes.

É provável que você também goste:

BNDES disponibiliza cartão exclusivo e empréstimo para ME; veja como solicitar

BNDES registra lucro líquido de R$ 34,1 bilhões em 2021

Banrisul vai financiar R$ 30 milhões em startups

BNDES cria plataforma para estimular oportunidades de investimentos

De acordo com o BNDES, a meta é aproveitar a carteira de projetos de infraestrutura e privatizações do banco. Conforme o ranking da consultoria Infralogic, a carteira é a maior do mundo. E ainda, a carteira do México, que conta com o patrocínio do Banobras.

Em suma, esse era o ponto de partida do portal regional do BNDES, que deve se expandir aos outros países da região com o suporte do BID e da Alide. A associação trabalha como gestora do hub.

Para o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, é estratégico possuir os ativos brasileiros posicionados ao lado de outros da região. “Isso permite ao investidor enxergar sinergia em operações multinacionais. Estamos numa competição global em que informação e transparência são dois ativos essenciais na atração de capital”, disse.

A partir das informações, os investidores devem ter maior visibilidade, o que vai permitir uma abordagem regional de portfólio e preparação em tempo para participar dos processo de licitação. “Igualmente, permitirá que instituições financeiras possam acompanhar o mercado de infraestrutura regional e buscar uma atuação multimercados”, disse o BNDES.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Cavan-Images / Shutterstock.com

Carlino Souza

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.