Caixa libera saque triplo do Pis/Pasep

 Caixa libera saque triplo do Pis/Pasep

Em março, a Caixa Econômica Federal encerrou os pagamentos do PIS/Pasep referentes ao ano-base 2020, que foi definido para ser pago somente este ano. Foram mais de 24 milhões de trabalhadores contemplados. 

Contudo, esta não foi a única modalidade do PIS/Pasep liberada para saque este ano. Além deste, a Caixa permitirá mais três retiradas, sendo dois deles de abono salarial e outro das cotas do fundo. Saiba mais a seguir.

É provável que você também goste:

Não recebeu abono do PIS/Pasep? Veja como entrar com recurso

Quase 500 mil pessoas ainda não sacaram o abono do PIS/Pasep; veja como fazer

Novas chances de sacar o PIS/Pasep

Mais de 500 mil trabalhadores ainda não sacaram os valores referentes a 2020 do PIS/Pasep. Por isso, mesmo que os pagamentos já tenham sido encerrados, o Governo Federal decidiu liberar os saques até 29 de dezembro. 

Além desta chance, os trabalhadores que exerceram atividade remunerada em 2019 também têm direito de sacar o benefício. Assim, cerca de 320 mil pessoas ganharam uma nova oportunidade. 

Para ter direito ao abono salarial PIS/Pasep, é necessário cumprir os seguintes requisitos:

  • Ter recebido em média até dois salários-mínimos por mês em 2019;
  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos em 2019;
  • Ter exercido atividade de carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2019.

Contudo, para receber os valores referentes a 2019, você deverá solicitar o benefício junto ao Ministério do Trabalho e Previdência.

A solicitação pode ser feita presencialmente em uma unidade do Ministério ou enviando um e-mail para o endereço trabalho.uf@economia.gov.br, substituindo o “uf” pela sigla do estado em que você mora.

Consulta PIS/Pasep

Para mais informações e consulta sobre o PIS/Pasep, acesse o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e iOS.

Vale ressaltar que a última chance de sacar o abono salarial é em relação aos trabalhadores que exerceram atividade de carteira assinada entre os anos de 1971 e 1988.

Segundo a Caixa, mais de R$ 23 bilhões estão disponíveis para saque para mais de 10,5 milhões de pessoas. Os valores foram disponibilizados em 2019, porém, grande parte dos beneficiários não sabem do benefício e, portanto, não retiraram ainda.

Sendo assim, se você conhece alguém ou é a pessoa que tenha trabalhado neste período, saiba que é possível consultar tais informações por meio do aplicativo do FGTS, já que o saldo das cotas do PIS/Pasep foram transferidos para lá. 

Em caso de dúvidas, você também pode comparecer a uma agência da Caixa e pedir informações sobre as cotas do PIS/Pasep para quem trabalhou entre 1970 e 1988.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / Shutterstock.com

Carlino Souza

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.