Como consultar o PIS e o saldo do saque extraordinário de até R$ 1 mil do FGTS?

 Como consultar o PIS e o saldo do saque extraordinário de até R$ 1 mil do FGTS?

Desde o dia 20 de abril, o saque extraordinário do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) está disponível para três grupos de trabalhadores. 

Ao todo, são cerca de 42 milhões de cidadãos elegíveis para a rodada de resgates de até R$ 1 mil

É provável que você também goste:

Quem pode receber o saque duplo do FGTS?

Saque do FGTS de até R$ 1 mil: como fazer render esse dinheiro

Quem recusou o FGTS emergencial em 2020 não tem depósito automático

Para saber o saldo disponível, basta acessar o site da Caixa e informar o número do Programa de Integração Social (PIS). Lembrando que ele pode ser encontrado na Carteira de Trabalho, no Cartão Cidadão e nas agências da Caixa Econômica Federal.

Caso não tenha os dados em mãos, você pode fazer a consulta por telefone ou por outras plataformas digitais, sem precisar informar o PIS. As opções para consulta são:

  • Carteira de Trabalho Digital;
  • Aplicativo FGTS;
  • Aplicativo Caixa Tem;
  • Site ou app Meu INSS;
  • Telefone 135 ou 08007260207.

Vale ressaltar que somente os cidadãos que tiverem menos de R$ 1 mil nas contas ativas ou inativas poderão sacar toda a quantia disponível. Contudo, aqueles que tiverem valores maiores deverão respeitar o limite imposto pelo Governo Federal e manter o dinheiro guardado. 

Saque extraordinário do FGTS

Devido a atual situação do país, o governo decidiu entrar com o saque extraordinário na intenção de estimular a economia com a injeção de até R$ 30 bilhões na economia. 

Além disso, a medida faz parte de um grande acordo econômico que também inclui a antecipação do 13º salário do INSS, por exemplo.

Com exceção daqueles que usaram o FGTS como garantia em operações de crédito, todos os trabalhadores que tiverem saldo em suas contas poderão sacar o benefício.

Dessa forma, o dinheiro é depositado na conta digital do aplicativo Caixa Tem, e os pagamentos são feitos de acordo com o mês de nascimento dos cidadãos.

Veja, a seguir, o calendário do saque extraordinário abaixo:

Mês de nascimento Data do depósito
Janeiro 20 de abril
Fevereiro 30 de abril
Março  4 de maio
Abril 11 de maio
Maio  14 de maio
Junho 18 de maio
Julho 21 de maio
Agosto 25 de maio
Setembro 28 de maio
Outubro 1º de junho
Novembro 8 de junho
Dezembro 15 de junho

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Carlino Souza

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.