Confira as moedas que podem valer R$ 10 mil

 Confira as moedas que podem valer R$ 10 mil

Dentro da prática de colecionar moedas, existe uma classificação do grau de raridade. Os numismatas não se importam em investir altos valores para conquistarem exemplares valiosos. Para se ter ideia, a moeda mais cara do Brasil pode valer até milhões.

Entretanto, alguns fatores podem prejudicar o andamento do mercado, como, por exemplo, as variações consecutivas da inflação. Definir um valor justo para uma peça rara passa a ser uma atividade mais complicada. 

Apesar de um cenário mais desafiador onde os colecionadores acabam tendo que lidar com as falsificações, o mercado ainda é bastante ativo e os indivíduos podem até vender suas moedas por um ótimo valor

É provável que você também goste:

Moedas de R$ 0,50 valem até R$ 1.800; saiba o porquê

940 estabelecimentos aceitam criptomoedas como pagamento no Brasil

Confira quando dá para lucrar com moedas de R$ 0,50 e R$ 1

Moedas de R$ 0,50

Alguns colecionadores estão à procura de moedas de R$ 0,50 específicas. As peças procuradas foram emitidas em 2012 com um erro: sem o zero. O defeito pode levar o item a valer até R$ 1,8 mil no mercado. 

Ademais, exemplares lançados em 1998, em comemoração aos 50 anos da Declaração dos Direitos Humanos, podem chegar a valer R$ 450 cada um. As peças criadas para homenagear a realização das Olimpíadas no Rio de Janeiro, em 2016, também são consideradas raras e valiosas.

Moedas de R$ 1

Em 2016, o Brasil sediou as Olimpíadas e, como forma de homenagear o evento e os esportes, o Banco Central (BC) emitiu várias moedas de R$ 1. A primeira peça, que homenageou a entrega da bandeira ao Brasil, foi lançada em 2012. Já outras 16 unidades simbolizavam uma modalidade paralímpica ou olímpica.

Quanto mais antiga for a peça, mais cara ela é. Segundo fóruns e sites de colecionadores, as peças lançadas para as Olimpíadas do Rio em 2016 podem chegar a valer entre R$ 7 mil e R$ 10 mil (quantia referente à coleção completa). Veja quais são as 5 mais valiosas.

  • Moeda da entrega da bandeira olímpica: Conhecida como moeda da entrega da bandeira olímpica, criada em 2012, foi a primeira moeda da coleção e homenageou a entrega da bandeira olímpica ao Brasil. É possível encontrá-la na internet com valor entre R$ 175 e R$ 300.
  • Moeda Atletismo: O atletismo, que é o esporte mais antigo dos Jogos Olímpicos, fez parte do primeiro conjunto criado pelo BC e pela Casa da Moeda. O anverso da peça possui a imagem de um atleta executando um salto triplo. Ela pode custar entre R$ 8 e R$ 30.
  • Moeda Natação: Mais uma das lançadas pelo BC e pela Casa da Moeda, a peça traz em seu anverso a imagem de dois nadadores mergulhando em uma piscina. O preço da moeda varia entre R$ 8 e R$ 30.
  • Moeda Paratriatlo: A peça foi a primeira criada para representar uma modalidade paralímpica e possui em seu anverso imagens de um atleta em três momentos da competição. Ela pode valer entre R$ 8 e R$ 30.
  • Moeda dos mascotes Vinicius e Tom: Criada em homenagem aos compositores Vinicius de Moraes e Tom Jobim, as moedas podem chegar a valer entre R$ 8 e R$ 30.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: cesarvr / Shutterstock.com

Carlino Souza

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.