Criminosos utilizam o Dia das Mães para praticar golpes virtuais; veja como se proteger

 Criminosos utilizam o Dia das Mães para praticar golpes virtuais; veja como se proteger

Assim como acontece com outras datas importantes, como o saque extraordinário do FGTS, o dia das mães é visto pelos criminosos como uma oportunidade de enganar vítimas na internet.

Próximo da data, diversos usuários veem nas compras online uma boa alternativa para comprar um presente de qualidade e com preço baixo. Porém, sabendo disso, os criminosos costumam espalhar mensagens falsas com promoções que são, literalmente, muito boas para serem verdadeiras.

É provável que você também goste:

FGTS de R$ 1 mil: como se proteger dos golpes no Caixa Tem?

Dia das Mães é usado para criminosos aplicarem golpes

A situação não é de hoje. Nesta mesma época no ano passado, foi observado um aumento de 58% nas tentativas de fraudes aplicadas através do e-commerce, serviços financeiros e vendas no geral. O levantamento foi feito pela ClearSlae, através do estudo Mapa da Fraude, que analisou mais de 375 milhões de transações. 

A promoção falsa é o golpe mais comum que acontece nessa data. Nele, os criminosos usam marcas famosas para direcionar os consumidores para páginas fraudulentas de venda de produtos. Nessa situação, quando a vítima finaliza a compra, ela fornece seus dados pessoais e de cartão de crédito, ficando mais exposta a golpes.

Além do produto obviamente não ser enviado, é possível ainda que o valor seja debitado da conta. Para piorar, com as informações fornecidas, os golpistas podem não só usar os seus dados em instituições financeiras negativando o seu nome, como também, clonam o seu cartão de crédito.

10 dicas para não cair em golpes no dia das mães

Para ajudar, especialistas do Febraban separaram 10 dicas para o consumidor não ser enganado por golpes no dia das mães, confira:

  1. Lembre-se de que o banco nunca pede seus dados por telefone;
  2. Desconfie de promoções com ofertas duvidosas;
  3. Ao finalizar  uma compra na máquina de cartão, confira o nome na tela para ter certeza de que realmente é o seu.
  4. Dê preferência a sites conhecidos e verifique sempre se o endereço do site é o verdadeiro;
  5. Se possível, sempre use o cartão digital para realizar compras na internet;
  6. Verifique as informações antes de clicar em links de promoções recebidas por e-mail, SMS, redes sociais e WhatsApp;
  7. Desconfie de mensagens SMS informando movimentações financeiras que você não reconhece e que solicitam para ligar para uma Central 0800;
  8. Desconfie de sites que tenham como forma de pagamentos somente TEDs e Pix;
  9. Se for pagar a compra com boleto, verifique sempre quem é a companhia que aparece no momento do pagamento no aplicativo, boleto ou site do banco;
  10. Em shoppings e unidades comerciais, passe você mesmo o cartão na máquina em vez de entregá-lo para outra pessoa e sempre verifique o valor antes de digitar a senha.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Instagram e Twitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: fizkes / Shutterstock.com

Carlino Souza

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.