Desempregados terão bolsa por trabalho voluntário

 Desempregados terão bolsa por trabalho voluntário

Nesta quarta-feira (11), foi aprovada pela Câmara dos Deputados a Medida Provisória (MP) 1099/22, que prevê a criação de um programa de trabalho voluntário remunerado destinado aos desempregados. Agora, a MP segue para o Senado Federal.

É provável que você também goste:

Melhores sites de vagas de emprego para enviar o seu currículo grátis

Pix do currículo: influencer cria rede solidária que já ajudou a empregar mais de 200 pessoas

Itaú tem várias vagas de emprego abertas; veja como se candidatar pela internet

Como irá funcionar o programa?

De acordo com a Agência Câmara de Notícias, os municípios serão responsáveis por custear as bolsas, através do Programa Nacional de Prestação de Serviço Civil Voluntário, ligado ao Ministério do Trabalho e Previdência.

Em compensação, os trabalhadores terão que prestar serviços em atividades de interesse público. O projeto diz respeito a um trabalho voluntário para desempregados.

Quem pode se inscrever no programa?

O programa contemplará jovens entre 18 e 29 anos e pessoas com 50 anos  ou mais que não tenham emprego formal há pelo menos 24 meses. Além disso, a iniciativa também incluiu pessoas com deficiência  no substitutivo aprovado, da deputada Bia Kicis (PL-DF).

Serão priorizados os beneficiários do Auxílio Brasil ou de outro programa de transferência de renda do governo federal que possa vir a substituí-lo. 

Também terão prioridade aqueles que fazem parte de famílias de baixa renda inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), sendo que a quantia recebida com a bolsa do trabalho voluntário não contará para efeito de renda máxima do cadastro.

As pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) podem acumular o pagamento dos dois programas, assim como quem recebe pensão por morte ou auxílio acidente.

A duração do programa será de 24 meses (2 anos) e passará a ser contada a partir da aplicação da lei, antes o prazo era até 31 de dezembro de 2022.

Segundo a deputada Bia Kicis, a medida irá gerar empregos e melhorar a economia

“Com a possibilidade de participação de muitos entes subnacionais, a MP estimulará a oferta de milhares de vagas para o desempenho de atividades de interesse público – sem vínculo empregatício ou profissional de qualquer natureza – e para qualificação profissional, contribuindo para mitigação dos problemas ocasionados pela Covid-19”, explicou Kicis.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o  Facebook, Twitter, InstagramTwitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Alexandre Zorek / Shutterstock.com

Carlino Souza

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.