É possível sacar até R$ 3,9 mil do FGTS neste mês de maio

 É possível sacar até R$ 3,9 mil do FGTS neste mês de maio

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um tipo de poupança dos trabalhadores que possuem carteira assinada. O que difere é que esse saldo pode ser retirado nos casos previstos por lei, ou em liberações extraordinárias como a que ocorre agora. Inclusive, o trabalhador pode sacar até R$ 3,9 mil do FGTS neste mês. Quer saber como? Descubra a seguir os detalhes.

É provável que você goste também:

FGTS: pelo menos 13% das famílias de SP usarão o saque extraordinário para pagar dívidas

Saque extraordinário do FGTS: depósito não é feito automaticamente para todos. Saiba o que fazer

Governo lança portal com todas as informações sobre o FGTS Digital

É possível sacar até R$ 3,9 mil do FGTS neste mês de maio

Em suma, o governo federal liberou o saque extraordinário de até R$ 1 mil do FGTS para 42 milhões de brasileiros. Para ter isso, é necessário ter dinheiro nas contas vinculadas e não usar os recursos em operações de crédito com garantia.

Além disso, quem opta pelo saque-aniversário, também pode sacar uma parte do FGTS. Nesse caso, o trabalhador pode retirar um percentual do seu saldo todos os anos. O saque ocorre sempre a partir do mês de nascimento, e o segundo mês seguinte.

Assim, quem tem acesso aos dois saques do FGTS, pode conseguir mais de R$ 3,9 mil nos próximos dias. É dito isso, pois se soma os R$ 1 mil do saque extraordinário do FGTS + a parcela adicional fixa que pode chegar a R$ 2,9 mil, que é paga no saque-aniversário.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Brastock / Shutterstock.com

Carlino Souza

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.