Empresa de SP reduz jornada de trabalho para 4 dias e mantém salário dos trabalhadores

 Empresa de SP reduz jornada de trabalho para 4 dias e mantém salário dos trabalhadores

Já pensou em não ter que esperar um feriado para folgar no meio da semana? Pois a ideia que é o sonho de muitos trabalhadores foi posta em prática por uma empresa em Franca (SP), com o objetivo de aumentar a produtividade dos funcionários.

A nova jornada começou em março, logo após os funcionários voltarem ao trabalho presencial e a mudança deu uma folga na quarta-feira para os colaboradores da NovaHaus sem alterar o salário no final do mês.

E provável que você também goste:

Melhores sites de vagas de emprego para enviar o seu currículo grátis

INSS: empregadores poderão consultar benefícios pedidos por empregados

BNDES disponibiliza cartão exclusivo e empréstimo para ME; veja como solicitar

Redução na jornada de trabalho pode aumentar a produtividade dos funcionários?

A mesma ideia já está sendo implementada em diversas empresas pelo mundo e está começando se popularizar no Brasil também. Pesquisas e experiências práticas mostram que uma jornada de trabalho mais curta pode ser positiva para as empresas.

Um levantamento feito em 2019 pela Henley Business School, no Reino Unido, revelou que uma semana de trabalho mais curta, com remuneração integral, pode aumentar os resultados das empresas por meio do aumento da produtividade e da melhoria da saúde física e mental da equipe.

Segundo a pesquisa, das empresas que já adotaram uma semana de trabalho de quatro dias, quase dois terços (64%) relataram melhorias na produtividade dos colaboradores. Foi avaliando resultados como este que a NovaHaus refez a jornada de trabalho dentro da empresa.

“O maior objetivo de ter essa folga na semana é proporcionar momentos de cultura, de lazer, de conexão com a família, conexão pessoal, e fazer as pessoas ficarem mais revigoradas para trabalhar melhor nos outros dias que elas precisam trabalhar”, explicou o diretor da NovaHaus, Leandro Pires em entrevista para EPTV.

A desenvolvedora de softwares possui cerca de 40 funcionários e vai testar o novo modelo até novembro. Se o efeito efeito da experiência for positivo, a diretoria da empresa pode decidir por mantê-lo como definitivo.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Instagram e Twitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Divulgação / NovaHaus

Carlino Souza

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.