Golpe antigo do robô do Pix usa novo nome para fazer vítimas

 Golpe antigo do robô do Pix usa novo nome para fazer vítimas

Quem não se “anima” com a possibilidade de ganhar dinheiro fácil e rápido? Todo mundo, não é mesmo? E os criminosos estão de olho nisso. Em suma, há um golpe antigo do robô do Pix, que promete ajudar as pessoas a lucrar na internet. E como se já não bastasse, houve a criação de uma nova versão, que também tem forte indício de se tratar de um sistema fraudulento. Sendo assim, confira abaixo, como funcionam os golpes do robô.

É provável que você também goste:

Golpe no Caixa Tem: veja como saber se você foi vítima de golpe no app

Banco Central anuncia novo recorde de transações pelo Pix em um único dia

Golpe antigo do robô do Pix usa novo nome para fazer vítimas

Em suma, o golpe do robô do Pix tem duas modalidades diferentes. Abaixo, confira uma breve explicação de cada:

Investimentos em criptomoedas

Nesta modalidade, a vítima paga um valor para acessar um robô, que administra os seus investimentos em criptomoedas. Os anúncios prometem um lucro até 4 vezes maior que os métodos tradicionais. Inclusive, o ganho pode aumentar 12 vezes, a depender do número de pessoas que a vítima convida para o programa.

A grande questão é que o sistema do robô do Pix não é transparente, pois o investidor não recebe informações concretas de como o seu dinheiro vai render. E depois da pessoa aplicar dinheiro no tal robô, eles perdem o acesso ao dinheiro e ao saque. E mesmo depois de registrar um boletim de ocorrências, jamais tiveram retorno.

Comentários automáticos

O “Robô dos Comentários”, é um sistema que promete fazer comentários automaticamente nos sorteios no Instagram para aumentar as chances do cliente ser premiado. Em suma, a pessoa adquire o aplicativo, loga no perfil na rede social, e informa quais os sorteios que deseja participar. Depois, o robô deve comentar as publicações 24 horas por dia.

Entretanto, como esperado, os comentários não são feitos, e o vendedor do robô some quando o cliente cobra explicações. O valor pago pelas vítimas chegou a R$ 300. E as poucas empresas que respondem as notificações, usam a mesma resposta: o seu robô não foi comprado com a nossa empresa.

Então o Robô do Pix é um golpe?

Ao que tudo indica, sim. É o que diz Caio Lopes, co-fundador da Mobile2you e Diretor de Canais Digitais da Dimensa, líder em tecnologia e infraestrutura para instituições financeiras. Para o especialista, o sistema de comentários automáticos é algo “tecnicamente factível”. Entretanto, isso envolve não somente o valor da compra do “robô” quanto a permissão do acesso a seu perfil pessoal no Instagram.

“Quando falamos sobre retornos acima do mercado, temos um indicativo muito forte de que podemos estar presenciando um golpe, afinal são oferecidos lucros inexistentes em quaisquer investimentos hoje em dia. Se tomarmos por exemplo o maior investidor profissional do mundo, Warren Buffet, sua carteira de investimentos rendeu, em média, 20% nos últimos anos. E ele tem acesso a condições diferenciadas, grande equipe e muito capital. Dificilmente conseguiríamos condições tão vantajosas, onde quer que fossem oferecidas”, explica Lopes.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: fizkes / Shutterstock.com

Carlino Souza

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.